Olá!

Olá! Seja Bem-vindo à Farmácia Viva!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

6ª OFICINA: CATAPLASMA COMPRESSA E EMPLASTRO


6ª OFICINA-22/06/2012:   CATAPLASMA, COMPRESSA E EMPLASTRO

               
CATAPLAMAS
Os cataplasmas são preparações para uso externo, de consistência mole e compostas de pós ou farinhas diluídas em água, cozimentos, infusões etc.
O cataplasma pode ser obtido por diversas formas:
a. amassar as ervas frescas e bem limpas e aplicá-las diretamente sobre a parte afetada (emplastro) ou envolvidas em pano fino ou gaze;
b. reduzi-las em pó, misturá-las em água, chá ou outras preparações e aplicá-las envoltas em pano fino sobre as partes afetadas;
c. pode-se ainda, utilizar farinha de mandioca ou fubá de milho e água, geralmente quente, misturada com a planta fresca ou seca triturada.
OBJETIVO: fornecer um calor mais duradouro do que da compressa quente.
COMPONENTES:
·         Farinha ou fubá de milho
·         Água
·         Chás, pós  ou tinturas  da planta desejada
·         Gazes ou panos finos
COMO FAZER O ITEM C
Colocar para ferver meio litro de água. Colocar 30 a 40g (40 folhas )na água fervente e deixar ferver por mais dois minutos. Coar. Despejar o chá em uma vasilha e acrescentar farinha para formar uma papa. Colocar a papa sobre um pano limpo e cobrir com outro pano, aplicando na área afetada. Renovar a papa, procurando mantê-la sempre morna. Fazer duas ou três aplicações diárias. Repetir o tratamento durante o tempo necessário à cura.
QUANDO USAR
Indicação: Dores localizadas, artrite, dores reumáticas.

COMPRESSAS
Existem dois tipos decompressas: as quentes, usadas para aliviar dor, proporcionar umidade e, favorecer o relaxamento muscular ( dores musculares e nas articulações reduzindo  espasmos musculares, endurecimento de articulações) e a drenagem de feridas e abcessos, também  aliviar cólicas, pés inchados, dor de dente sem que ainda tenha inflamado,  reumatismo, tendinite, melhora a respiração, dor nos rins,  rinite, colicas menstruais; as frias (efeito anestesico) ajudam principalmente a estancar pequenos sangramentos, aliviar dores de cabeça, diminuir manchas roxas causadas por batidas e reduzir inchaços da pele, febre,  trauma – contusões, torsões- (não deixa o local machucado inchar), extração de dentes, cãimbras, enxaquecas. A escolha errada poderá obter efeitos opostos. Ex: compressa quente em caso de sangramento poderá aumentar a hemorragia. O uso de compressas quentes é indicado como analgesico. O calor gerado pelas cormpressas, ativa a circulação e pode ajudar no tratamento de doenças inflamatorias. Obs: deve ser usada somente quando o inchaço diminuir, para evitar que aumente sangramentos possiveis, ou até mesmo estimular o aparecimento de inflamação. Se houver formação de edema (inchaço provocado pelo líquido extravasado) ou hematoma, o calor amolece o líquido que vazou dos vasos e se acumulou em torno da região afetada. Isso auxilia na reabsorção do líquido pelo organismo.
Aplicar diretamente na região enferma tão quente quanto possa ser suportado pelo paciente
geralmente 40 graus com duração de 30 minutos; Sempre que a gase perder o calor, deve ser substituida.

INDICAÇÃO:
Quentes: dor de dente sem que ainda tenha inflamado,  reumatismo, tendinite, melhora a respiração, dor nos rins,  rinite, colicas menstruais.
Frias:   febre, sangramentos (diminui o fluxo sanguineo), trauma – contusões, torsões- (não deixa o local machucado inchar), extração de dentes, cãimbras, e inflamações,enxaquecas

MODO DE PREPARAR
Colocar para ferver meio litro de água. Colocar 30 a 40g (40 folhas ) na água fervente.
Apagar o fogo e abafar. Coar. Embeber panos limpos no chá ainda morno e aplicar no local afetado. Ficar mudando o chá do pano a cada cinco minutos, num total de trinta minutos. Deixar o chá sempre morno. Fazer três aplicações ao dia. Repetir o tratamento durante o tempo necessário à cura.

MODO DE USAR:Temperatura aproximadamente 40 graus. Coloque-as na região dolorida de 5  em 5 minutos  por 20 a 30 minutos,  três vezes ao dia, trocando sempre que atingir a temperatura do corpo.

2 comentários: